11 fevereiro 2017

Cartas para minha mãe: Eu escolhi ficar


          Tô matriculada. Pois é né, o tempo passa rápido, e eu percebi agora, já vou fazer 18, morar com o Rhick na nossa casa, fazer faculdade, eita, será que eu tô pronta pra tudo isso?

          Quando eu fui escolher o curso, eu pensei bastante, se eu ficava ou se iria pra outra cidade, é claro que eu queria ir pra um lugar melhor, fazer Design, meu maior sonho, já que eu não tenho essa opção aqui, mas eu coloquei na balança tudo que era importante pra mim e o que vem em primeiro lugar. E foi você, o Rhick, nossa casa, então eu escolhi Matemática e Física na Ufam, eu já sabia que ia passar já que muita gente não gosta da área, mas eu sempre gostei, sou apaixonada por matemática, você sabia disso?
          Mas eu também passei pra Design, pra capital, em uma das melhores faculdades, com bolsa parcial pelo Prouni, e eu pensei denovo, se eu iria ou não, pensei, chorei, mas eu novamente decidi ficar, é meio idiota eu sei, mas eu não tive apoio suficiente, eu não tenho ninguém me dizendo que ta orgulhoso de mim, o papai acha que eu sou burra provavelmente, ele nem tinha certeza se eu passaria no ensino médio, ele não me conhece, não mesmo, as minhas aulas só vão começar em Agosto mais ou menos, e eu passo o dia sem nada pra fazer porque realmente não tem o que fazer, só esperar, e sabe o que ele quer? Que eu vá em qualquer faculdade particular daqui e comece qualquer curso idiota que não tem nada a ver comigo só pra eu ter o que fazer kk, só jogar dinheiro fora, parece que ele não entende de que quando eu começar na Ufam eu não vou conseguir dar conta dos dois cursos, ele acha que matemática e física é fácil kk, mas tudo bem, ele é meio bobão mas eu amo ele.  Já uma parte da família acha que eu sou uma fracassada, mas eu já nem me importo com essa parte, quanto mais longe eu ficar desse povo melhor pra mim.
          Eu tô muito ansiosa pra me mudar logo, e poder ter paz, fazer tudo certo, o Rhick sente orgulho de mim, e eu dele, então será apenas nós dois, eu vou ter outras oportunidades, eu penso em concluir o curso agora, mas eu sou muito mais apaixonada por Design, desde sempre, mas eu acho que isso pode esperar um pouquinho, eu não tô com pressa sobre isso, só tenho pressa de voltar pra nossa casa e ficar com as únicas pessoas que sentem orgulho de mim e que se importam, você e meu irmão.
          Claro que eu poderia ir embora, porque seria bem melhor que o curso atual e blá blá blá, mas e o Rhick? não tem como eu levar ele, e eu vejo que ele não aguenta mais morar com a nossa tia, apesar de ela cuidar dele muito bem mas lá não é o lugar dele. E como eu ia me manter la? A mensalidade é pouco mais de 500 reais, e o papai pode até falar que me ajudaria mas eu não confio mais nele quando se trata de dinheiro. E a nossa casa, eu iria simplesmente abandonar e deixar ficar cada dia pior? e olha que não tá em perfeito estado, ou mandar reformar pra alugar enquanto eu tiver lá? Como eu faria isso se nem dinheiro eu tenho pra pagar a faculdade muito menos pra fazer uma reforma ao mesmo tempo. E onde eu moraria? De favor? do jeito que eu tenho vivido desde que você se foi? Não, obrigada, eu vou fazer as coisas do meu jeito, cansei de esperar pelos outros.
          Se você estivesse aqui, você não pensaria duas vezes em conseguir um lugar pra a gente morar enquanto eu fizesse faculdade, eu não precisaria estar pulando de casa em casa dando prejuízo, e você me diria o quanto sente orgulho de mim, porque você me conhece e sabe que eu não sou nenhuma fracassada. Mas eu tô tentando fazer dar tudo certo, e vai dar.
          Eu te amo pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvido por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©.