02 maio 2017

Cartas para minha mãe:18 anos


18 Anos... que rápido!


          Esse dia... Esse momento... Essas fotos... (Fim do post)
Eu lembro em como você chegou do trabalho e a gente foi atrás de tudo muito rápido, porque você nunca deixava passar em branco, sempre dava um jeitinho, e esse foi o ultimo aniversário que você fez pra mim, e eu não sabia que seria o último. Agora eu já tô fazendo 18, nossa, eu acho que se você estivesse aqui  estaria super animada planejando alguma coisa, e na hora do “Com quem será” você ia fazer isso novamente kk (ameaçar jogar o sapato em mim), porque eu era sua princesinha, e você sempre quis me protegeu de tudo, sempre, e se estivesse aqui ia falar “Não interessa se já tem 18 anos, vai apanhar do mesmo jeito” kkkk.
           Quando você se foi uma parte de mim foi obrigada a crescer, a amadurecer, a confiar nas pessoas certas e não deixar ninguém me derrubar, eu peguei muito o seu jeito de durona, quem me conhece e conheceu você sabe muito bem como somos parecidas, e eu quero continuar sendo do jeito que você me criou, me ensinou o que é certo e errado, me ensinou a ter respeito, e me ensinou também quem eu devo respeitar, e não abaixar a cabeça pra qualquer pessoa. Mas outra parte de mim parou no tempo, uma parte continuou criança e se recusa a crescer, uma parte continua sem enxergar a maldade nas pessoas, no mundo, uma parte continua preferindo ficar em casa do que curtir a “vida de adolescente”, essa parte prefere se sentir protegida, sempre procurando em alguém a proteção que você me dava.
           Eu já falei milhares de vezes como eu me sinto, as vezes eu continuo pensando que você vai voltar a qualquer momento, como em meus sonhos que você sempre volta, como se nada tivesse acontecido, como se fosse apenas uma viagem e você chegasse pra continuar vivendo nossa vida. Mas então eu lembro que não é, antes era meio difícil acordar e lidar com a realidade, mas agora eu tento aproveitar ao máximo meus sonhos, alguns não tão bons, mas o que importa é que eu te vejo novamente e você continua linda. Penso em como vai ser voltar a morar na nossa casa, cada vez que eu chegar e não ver você na janela, quando eu acordar e não ter você arrumando tudo com todas aquelas músicas que eu sei de cor, sempre fomos nós três, e agora somos apenas dois, eu sei que terão momentos ruins, de muita saudade, mas eu também sei que os bons serão maiores e que a gente vai conseguir, você me ensinou muita coisa e eu vou recomeçar, e te dar muito orgulho.  Feliz aniversário pra mim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvido por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©.